29 de novembro de 2014

Vantagens de ir à biblioteca

Sou uma frequentadora assídua da biblioteca. É bastante simples requisitar livros. Na biblioteca onde vou, primeiro é necessário obter o “cartão de leitor” (é gratuito) e depois tenho quinze dias para devolver os livros (3 no máximo) ou renovar a requisição.
Se não vão a bibliotecas, espero convencer-vos a, pelo menos, irem uma vez. A biblioteca não é apenas um sítio para requisitar livros sei que também posso requisitar filmes (DVD's). Para quem quiser passar algum tempo sossegado pode usar computadores e também tem jornais e revistas (para leituras mais rápidas).

Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra, Portugal

Wren Library, Trinity College, Cambridge University, Cambridge, Reino Unido


Vantagens de requisitar livros são:

1 – Não gasto dinheiro e como sou um pouco forreta, isto é, uma enorme vantagem mais do que aliciante;

2 – Variedade de autores (compro apenas os livros que sei que vou gostar e alguns autores repetem-se com frequência). Assim posso ler autores que, à partida, não leria. Por exemplo, nunca compraria “O império dos pardais” de João Paulo Oliveira e Costa ou “O ano tem doze homens” de Martina Paura ou “Uma rapariga dos anos 20 “de Sophie Kinsella e graças à biblioteca decidi pegar nos livros e adorei-os.
Apesar da variedade de autores, reparei que existem alguns mais frequentes. A biblioteca onde vou é ótima para quem gosta de Nicholas Sparks, Jodi Picoult, José Rodrigues dos Santos, Paulo Coelho e Danielle Steel são os autores que tem vários livros (4 livros ou mais). Há exceção de Jodi Picoult, todos os livros que li, dos referidos, foram da biblioteca;

3 – Variedade de géneros. É a mesma situação que os autores. Não tenho por hábito comprar livros de desenvolvimento pessoal, biografias ou romances históricos mas se encontrar, na biblioteca, algum livro destes géneros (e que chame a minha atenção) requisito sem hesitar.

Beinecke Rare Book and Manuscript Library, Yale University, New Haven, Estados Unidos

The Trinity College Library, Dublin, Irlanda

 
Não sei se na vossa biblioteca acontece o mesmo mas reparei que há algumas coisas menos boas. Primeiro, não tem livros recentes (editados à menos de 18 meses) e em segundo não há verbas suficientes para novas aquisições.
Há pessoas que doam livros, às bibliotecas, e agradeço a generosidade delas. Eu não sou capaz de algo tão altruísta porque estou muito apegada aos meus, caso contrário, também doava alguns, mas não sou capaz.

Vocês requisitam livros na biblioteca?

Há outras atividades que fazem na biblioteca, para além, de requisitar livros?

5 comentários:

  1. Confesso que não sou frequentadora da biblioteca mas reconheço que tem muitas vantagens. E quando conseguir diminuir a minha pilha, é algo que quero passar a fazer.
    Boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Também podes ir, à biblioteca, se estiveres cansada de ler o mesmo género de livros. E na biblioteca não há apenas livros.
      Bjos

      Eliminar
  2. Olá,

    Não costumo frequentar bibliotecas mas reconheço as vantagens, recordo-me de ter ido visitar a Biblioteca de Viana do Castelo e é sem duvida fantástica

    No meu Bombarral é tão, mas tão fraquinha, eu se trabalha-se lá já tinha arranjado muitos livros (lembro-me das promoções da Sábado com livros a 1€) mas pronto.

    Boa mensagem ;)

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Sem dúvidas que não adquirem, novos livros, com a frequência que deviam.
      Compreendo que não se podem dar ao luxo de comprar sempre os livros acabdos de editar mas como referiste existem algumas promoções que podiam aproveitar.

      Bjos

      Eliminar
    2. Ois,

      Penso que há Editoras que costumam dar uns exemplares para bibliotecas, mas não pode ser para todas :).

      Sem duvida eu próprio se lá trabalhasse comprava e punha à disposição de quem quisesse :D

      bjs

      Eliminar